Royal Canin volta a patrocinar atividades ilegais com cães e agora conta com o apoio da prefeitura de Bagé (RS)


O evento é inconstitucional pelas leis brasileiras, além de explorar os animais para entretenimento humano – Foto: Divulgação

O município de Bagé no interior do Rio Grande do Sul anunciou o patrocínio, junto com a empresa de rações Royal Canin, a uma corrida de cães no município. A notícia indignou muitas pessoas e especialmente ativistas em defesa dos direitos animais.

Além da crueldade intrínseca a esse tipo de evento, a atividade envolvendo apostas é considerada ilegal conforme o Decreto-Lei 3688/41.

É assim que a humanidade será extinta?

Em 1972, o pesquisador John Calhoun decidiu construir um paraíso para ratos, com belos edifícios e alimento ilimitado. Ele introduziu oito ratos a essa população. Dois anos depois, os animais tinham criado seu próprio apocalipse.

O Universo 25, o problema da superpopulação e o caos que isso criou

“Universo 25” era o nome da caixa gigante, projetada para ser uma “utopia roedora”. O problema era que essa utopia não tinha um criador benevolente. John B. Calhoun queria ver o cerco pegar fogo. Ele já tinha projetado outros ambientes para ratos até chegar ao 25º, e não esperava uma história com final feliz.

Dividido em “praças principais” por sua vez subdivididas em níveis, com rampas indo até os “apartamentos”, o Universo 25 era um lugar maravilhoso, sempre abastecido com comida, mas que logo começou a ficar apertado demais.

Pato-do-mato em Cambuquira

Mamãe pata cuidando dos filhotes no lago do Parque das Águas em Cambuquira.
http://www.wikiaves.com.br/pato-do-mato








Descubra quando os cães migraram para as Américas

Os cães (Canis lupus familiaris) chegaram às Américas apenas cerca de 10.000 anos atrás, milhares de anos depois dos primeiros migrantes humanos atravessarem o estreito de Bering.

Essa foi a conclusão de um estudo que analisou as características genéticas de 84 cães de mais de uma dúzia de locais nas Américas do Sul e do Norte.

Ao contrário de seus antecessores selvagens, os lobos, cães aprenderam a tolerar a companhia humana e geralmente se beneficiaram dessa associação. Por exemplo, ganharam acesso a novas fontes de alimentos e à segurança dos
acampamentos humanos.

Os cães também foram uteis aos homens servindo como animais de carga e, por vezes, como comida, normalmente em ocasiões especiais.

Ração da Nestlé Purina é acusada de matar centenas de cães nos EUA

A Nestlé Purina está sendo processada sob acusação de que a ração Beneful levou mais de cem cães à morte ou ao desenvolvimento de doenças, segundo informações da Exame.

Oito tipos de ração Beneful causaram sangramentos internos, danos no fígado, vômitos, diarreia, perda de peso e convulsões, de acordo com um processo divulgado pelo site Top Class Actions.

Mais de 3.000 pessoas reclamaram sobre o produto na internet nos últimos quatro anos. As críticas incluem relatos de animais que ficaram gravemente doentes ou morreram, supostamente por conta da ração, nos Estados Unidos.

Em comunicado, o diretor de comunicação da Nestlé Purina PetCare, Bill Salzman, negou as acusações do processo. “Acreditamos que o processo não tem base, e temos a intenção de defender a marca e a nós mesmos vigorosamente.”

Segundo ele, a marca Beneful já sofreu outros dois processos recentemente, com as mesmas alegações. Mas os dois casos foram julgados improcedentes pelos tribunais.

O processo foi formalizado contra a marca de rações da Nestlé no início de fevereiro por Frank Lucido, na corte distrital do norte da Califórnia e pede US$ 5 milhões por danos.

Pesquisa avalia como cães podem ajudar a detectar problemas de saúde em proprietários idosos

Um estudo conduzido por pesquisadores da Newcastle University mostra como mudanças no comportamento de cães saudáveis e felizes podem ajudar a revelar doença ou tédio de seu proprietário. Os pesquisadores explicam que coleiras equipadas com sensores de movimentos que rastreiam o comportamento do cão podem ser usadas como um primeiro sinal de alerta de que um proprietário mais velho está com dificuldade para lidar com algumas coisas ou sua saúde e longevidade podem estar em risco.

“Grande parte de nossa pesquisa é focada no desenvolvimento de sistemas para pessoas mais velhas a fim de garantir um envelhecimento mais saudável”, disse o pesquisador, Cas Ladha. “Porém, desenvolver um sistema que tranquiliza a família e os cuidadores de que um parente mais velho está bem sem invadir a privacidade individual é difícil. Esse é apenas o primeiro passo, mas a ideia por trás dessa pesquisa é que isso nos permitiria apoiar discretamente as pessoas sem a necessidade de câmeras”.

Código de Ética dos Observadores de Aves

Traduzido e adaptado do The American Birding Association's Code of Birding Ethics, por Dagoberto Pinheiro das Chagas

1- Promova o bem estar das aves e de seu ambiente:

a) apoiando a proteção de habitat importante para as aves;
b) evitando estressar ou expor as aves ao perigo, comportando-se de forma cuidadosa quando em atividade de observação, fotografia, gravação sonora ou filmagem;
c) limitando a utilização de gravações ou outros métodos de atração de aves; nunca usando esses métodos em áreas intensamente utilizadas para observação ou para atrair espécies ameaçadas, em perigo de extinção ou, ainda, de ocorrência rara ou restrita no local;
d) mantendo a distância adequada de ninhos, colônias de nidificação, dormitórios, arenas de exibição ou locais importantes de alimentação. Nestas áreas sensíveis, se for indispensável uma observação demorada, filmagem, fotografia ou gravação sonora, tente usar um anteparo ou esconderijo, tirando proveito da cobertura natural;
e) utilizando com moderação luz artificial ou flash, especialmente para tomadas de curta distância.

Proprietários de cães têm menos problemas cardíacos comparado a pessoas que não possuem animais

Os amantes de cão sabem quanto calor e conforto seus companheiros caninos fornecem a suas vidas, mas eles podem não saber que um crescente número de evidências sugere que ter um cão pode ajudar a melhorar a saúde do coração.

Em 2013, a Associação Americana do Coração (AHA) emitiu uma declaração científica baseada em sua revisão de dados sobre pessoas e seus animais de estimação (incluindo muitos estudos de proprietários de cães). A associação concluiu que a posse de um animal de estimação provavelmente está associada com a redução do risco de doenças cardiovasculares. Embora a AHA não tenha confirmado uma clara relação de causa e efeito, disse que os proprietários de animais de estimação podem ser parte razoável de uma estratégia geral para reduzir o risco de uma doença cardíaca.

Vários estudos mostraram que os proprietários de cães têm menor pressão sanguínea do que os não proprietários – provavelmente porque seus animais têm um efeito calmante sobre eles. O poder do toque também aparece como uma parte importante desse “efeito pet”. Vários estudos mostram que a pressão sanguínea baixa quando uma pessoa acaricia um cão.

A bizarra chuva de peixes


Todos os anos, há mais de um século, geralmente nos meses de maio ou junho, a pequena cidade de Yoro, em Honduras, sofre com algo muito estranho: a “lluvia de peces”, ou chuva de peixes.
O “peixe-chuva” é um fenômeno comumente conhecido, relatado em todo o mundo durante séculos. Mas as explicações científicas são poucas e distantes entre si.

Uma hipótese sugere que o peixe-chuva se origina com trombas, que são tornados que se movem sobre a água, sugando as pequenas criaturas que vivem abaixo da superfície – geralmente peixes e rãs – e as depositando em outro lugar.

No entanto, esses trombas d’água não são conhecidas por transportar suas cargas aquáticas por grandes distâncias. Se esta teoria fosse correta, então os peixes de Yoro deveriam vir do depósito de água mais próximo – o Oceano Atlântico – cerca de 200 km de distância de onde eles realmente vêm.

1a aula de natação do Tico

Aprendendo com quem sabe...
















Pesquisa revela que ter um cachorro deixa os homens mais atraentes

O cachorro desbancou roupas de luxo, carrões, bons salários e casas grandes.

Esqueça os carrões e as roupas de luxo, o que é realmente popular com as mulheres são os homens que têm cachorros.

Uma pesquisa sobre atração física feita com 2 mil britânicos confirmou o que muita gente já sabia. Uma em cada cinco mulheres disseram que um homem que tem cachorro se torna instantaneamente mais atraente.

Apenas uma em cada 20 afirmaram que se sentem atraídas por homens usando roupas de luxo. Além disso, só 12% se interessam por uma casa grande, 11% por um salário alto e 6% por um carro caro.
E você, concorda com essa pesquisa?

Uma pesquisa feita anteriormente pela PetMD revelou 4 motivos porque as mulheres gostam de homens que têm cachorros, para ver clique aqui.

Referência: Daily Mail UK
Fonte: http://portaldodog.com.br/cachorros/curiosidades/pesquisa-revela-que-ter-um-cachorro-deixa-os-homens-mais-atraentes/

O mistério da homossexualidade em animais

Pois é, tem gente que não se conforma com o homossexualismo. E aí, como se explica entre os animais? Deviam calar a boca, né mesmo? a matéria é bem interessante...

Durante a temporada de acasalamento de inverno, a competição por uma fêmea de macaco-japonês é acirrada. Os machos não têm de disputar apenas com outros machos, mas também com outras fêmeas.

Entre esses animais, objetos de estudo do psicólogo Paul Vasey, da Universidade de Lethbridge, no Canadá, uma fêmea sobe na outra e estimula seus genitais esfregando-os na parceira. As duas se olham nos olhos durante a relação e tendem a permanecer semanas juntas, inclusive para dormir e se defender de possíveis rivais.

Já se sabe que o comportamento homossexual é bastante comum no reino animal, envolvendo de insetos a mamíferos. Mas será que é possível chamar esses bichos de homossexuais?

Canto de pássaros guiou pesquisadores para descobrir 15 novas espécies na Amazônia

Nova espécie de arapaçu-de-bico-torto foi descoberta no sul do Pará.
Vitor de Q. Piacentini/ Divulgação

Lúcia Müzell

Uma equipe de pesquisadores brasileiros e americanos encontrou nada menos do que 15 novas espécies de pássaros na Amazônia, a maior descoberta do gênero dos últimos 140 anos. Um pertence à ordem dos piciformes, e todos os demais são passeriformes. As descobertas serão descritas em detalhes em julho em uma edição especial da Handbook of the birds of the world, mas o ornitólogo Luis Fábio Silveira, que participou desta aventura, conta um pouco sobre como foi a experiência.

Os outros pesquisadores são do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, do Museu Emílio Goeldi e da Universidade da Louisiana.

Fonte: http://www.portugues.rfi.fr/geral/20130530-canto-de-passaros-guiou-pesquisadores-para-descobrir-15-novas-especies-na-amazonia

Pica-paus e Cia no passeio de hoje

Passeando pelos arredores da cidade hoje consegui registrar duas novas espécies de aves para minha lista: Pica-pau-branco e Pica-pau-de-banda-branca além de encontrar outras lindas aves...












Veja o VÍDEO dos Pica-paus!