Tipos de alimentos para cachorros: saiba tudo!

Atualmente, o mercado pet vem ganhando, e muito, com as diversas modalidades de alimentação existentes. São produtos secos, úmidos, cozidos e crus, que vêm para ajudar na melhoria da nutrição dos amigos de quatro patas, uma vez que cada animal responde melhor a uma das modalidades. São vários tipos de rações caninas, por exemplo. Dentro deste assunto, muita gente quer saber a diferença entre a ração canina premium para a ração canina super premium. A melhor ração para cachorro é aquela que atende às suas necessidades.

Alimentos secos ou rações são alimentos com baixo teor de água e que passaram pelo processo de extrusão. No Brasil, não existe ainda uma legislação que classifique os produtos, mas podemos considerar alguns fatores que nos auxiliam em uma classificação quanto à qualidade. Os produtos podem ser divididos em econômicos, standard, premium ou super premium. E aí você precisa escolher: a maioria busca uma ração para cachorro boa e barata, e tomara que este pequeno guia te ajude a escolher.


- Produtos econômicos: são os produtos com composições simples, normalmente denominados “primeiro preço” e contém uma série de “eventuais substitutivos”. Possuem, na composição, uma grande quantidade de produtos de origem vegetal, além de níveis nutricionais baixos, o suficiente apenas para a manutenção dos cães. As rações mais baratas se enquadram aqui, e são chamadas também de rações populares.

- Produtos standards: a composição já contém produtos nobres - como farinhas de vísceras de aves-, aditivos pré-bióticos e níveis nutricionais maiores do que alimentos primeiro preço. Geralmente, atendem com certa sobra as necessidades nutricionais dos cães em manutenção. Neles, há menor número de eventuais substitutivos e menos alimentos de origem vegetal, além de a proteína do alimento vir de fonte animal. Se você procura ração standart para cães, a categoria é esta.

- Produtos super premiuns: de alta digestibilidade, são compostos por vários produtos de origem animal e com ingredientes funcionais. Os níveis são superiores às demais classificações e, normalmente, possuem testes de digestibilidade na embalagem, comprovando o valor. Contém alta suplementação de vitaminas e minerais. Nesta classificação, encontram-se os produtos terapêuticos (rações especiais). Há, no grupo, as rações super premium para filhotes, e também as rações super premium para cães idosos.

Alimentos cozidos e crús são classificados como super premiuns, em especial por utilizarem produtos para consumo humano. A qualidade nutricional dos ingredientes é alta e a digestibilidade fica acima de 80%. São alimentos especiais, que podem ser utilizados em uma gama de casos, como em animais que apresentam alguma intolerância à alimentação seca.

Uma vez que nem toda modalidade alimentar serve para todo animal, a avaliação e alteração da alimentação precisa ser autorizada pelo médico veterinário. Além disso, é importante ter acompanhamento de um nutricionista especializado em cães e gatos que possa fazer o correto balanceamento das dietas em casos de cozidas e cruas, para adequar a alimentação às necessidades de cada cão ou gato e monitorar as respostas à modalidade eleita.

Por Ana Paula Pereira
Fonte: http://www.euamocaes.com/2015/01/tipos-alimentos-cachorros.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário