Sintomas de doenças em cães que requerem cuidados de emergência

Sintomas de doenças em cães podem variar de leve a grave. Muitos sintomas podem significar doença, mas não uma emergência aguda. Mas outros sintomas, como perda de consciência, convulsões, dificuldade respiratória, temperatura alta ou baixa, assim como vários outros, pode ser uma indicação de que seu cão precisa de ajuda de emergência veterinária. Se você notar qualquer um dos seguintes sinais ou pensa que pode estar observando-os, procure ajuda veterinária imediatamente.

01. PERDA DE CONSCIÊNCIA
Uma mudança de consciência pode se manifestar através de:
- Colapso repentino, tremores, cambaleamento súbito, convulsões ou cegueira súbita.
- Um cão também pode apresentar uma inclinação crônica da cabeça ou morder objetos imaginários.


02. APREENSÕES
Você pode identificar uma apreensão de várias maneiras:
- Agitação ou tremor durante vários segundos.
- Quando você pode ver o branco dos olhos.

03. HEMORRAGIA
Se você não pode parar o sangue de qualquer área do corpo do cão, aplique pressão com um pedaço de tecido limpo e vá ao veterinário de emergência. Uma hemorragia não controlada pode causar perda de consciência e morte.

04. DIFICULDADE EM RESPIRAR
Quando um cão está lutando para respirar, você pode perceber quando:
- Ele está sem fôlego, respirando de forma curta ou ofegante.
- A respiração é ruidosa.
- A língua dele fica azulada ou inchada.

05. MUDANÇA DE TEMPERATURA
A temperatura de um cão deve ser em torno de 38ºC. Se a temperatura estiver abaixo de 37,0º ou acima de 39,5°C (tirada com um termômetro retal), algo está errado.

06. SINAIS DE DOR AGUDA
Se um cão não pára de chorar ou gritar, ele está tentando lhe dizer que alguma coisa está errada. Caso você não consiga contê-lo, procure atendimento veterinário.

07. APATIA
Se um cão torna-se muito apático, de repente, é um sinal de um possível problema grave e sistêmico, e ele manifestará letargia extrema. Exemplo: quando ele não manisfesta nenhuma reação ao ser chamado ou atraído para um alimento ou brinquedo favorito, permancendo imóvel, indiferente.

08. SINTOMAS QUE NÃO PASSAM
Os seguintes sintomas não devem durar mais de 2-3 dias. Estes incluem vômitos, diarréia, salivação excessiva, falta de apetite, constipação, respiração ofegante, pele escamosa e seca. Manqueira, fraqueza, e grandes mudanças na micção, são sintomas que devem mudar em poucos dias.

09. INCHAÇO
Um abdômen inchado ou anormalmente dilatado é uma questão aguda grave. Se seu cão parece estar com dor abdominal (ou seja, se encolhe ou choraminga quando é tocado lá), mas não estiver vomitando, isso é um sinal potencial de envenenamento ou um problema renal agudo.

10. OUTRAS VEZES QUANDO É NECESSÁRIO PROCURAR O VETERINÁRIO IMEDIATAMENTE
Depois de qualquer acidente, seja um atropelamento, uma queda, pancada, ou briga de cães, mesmo que não haja uma lesão aparente, um veterinário deve verificar se há trauma, lesão ou choque. Se você suspeitar que um cão tenha ingerido veneno ou qualquer objeto cortante, não espere que os sintomas apareçam. É melhor prevenir do que remediar.

REFERÊNCIAS:
http://www.vetinfo.com
http://www.mercodog.com.br
http://www.etoxtr.com

Fonte: http://bichinhosprecisamdelar.blogspot.com.br/2011/01/sintomas-de-doencas-em-caes-que.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário