Parasitas Intestinais

Os vermes intestinais, quando adultos, instalam-se no aparelho digestivo e trazem riscos para a saúde dos nossos amigos de estimação e toda a família. Os cães podem constantemente adquirir vermes intestinais de diversas maneiras:

1. ingestão de ovos e larvas presentes no ambiente;

2. penetração de larvas na pele do animal;

3. ingestão de hospedeiros intermediários (pulgas e piolhos);

4. ingestão de hospedeiros paratênicos (ex. roedores);

5. transmissão da mãe para os filhotes na gestação ou amamentação.

Existem dois grandes grupos de vermes intestinais, os “redondos” (nematoides) e “chatos” (cestoides).

Os vermes redondos têm formato cilíndrico, não têm divisões, sua pele é firme e elástica. As espécies mais comuns são o Ancylostoma spp e o Toxocara spp.



Assista o vídeo e entenda como acontece a transmissão do verme Ancylostoma spp

Assista o vídeo e entenda como acontece a transmissão do verme Toxocara canis

Os vermes chatos (ou tênias), como o nome já diz, são achatados e têm aparência de uma fita com várias divisões. São transmitidos pela ingestão de um hospedeiro intermediário que podem ser pulgas, roedores ou carne crua.

As espécies mais comuns são o Dipylidium caninum, que tem como principal hospedeiro intermediário a pulga, que é acidentalmente ingerido pelo animal ao se coçar ou lamber e as Tênias, adquiridas pela ingestão de roedores ou carne crua (Ex: bovinos, ovinos e suínos).

Assista o vídeo e entenda como acontece a transmissão da Dipylidum caninum

Assista o vídeo e entenda como acontece a transmissão do Echinococcus multilocularis


A Giardia é um protozoário microscópico que coloniza o intestino. Sua transmissão ocorre através da ingestão de cistos de Giardia presentes em alimentos ou água contaminados. Sobrevivem por longos períodos e são resistentes à maioria dos desinfetantes comuns.

Assista o vídeo e entenda como acontece a transmissão da giardia

Fonte: http://www.bayerpet.com.br/caes/parasitas-zoonoses/parasitas-intestinais/

Nenhum comentário:

Postar um comentário