Dermatite alérgica às picadas de pulgas

É a dermatite alérgica mais comum em cães. Ocorre com mais freqüência em animais entre 3 e 6 anos que são sensibilizados pela saliva da pulga. As lesões podem se manifestar de diversas formas, sendo mais comum a queda de pêlos, formação de feridas e coceira na região lombo-sacra do animal. Muitas vezes não encontramos vestígios de pulgas nesses animais.

Como no Brasil as pulgas estão presentes durante todo o ano e todos os animais têm pulgas, a menos que seja feita uma prevenção mensal ou dedetização semestral do ambiente, o tratamento é baseado principalmente na eliminação total das pulgas. Caso uma única pulga pique o animal, ele apresentará lesões significativas. Normalmente xampus, talcos e coleiras não são eficazes na prevenção de pulgas. O ideal é utilizar medicamentos com efeito duradouro uma vez por mês em todos os animais da casa, ou realizar a dedetização do ambiente.

Dra. Cláudia Fonterrada - Koala Hospital Animal
Fonte: http://www.kennelclub.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário