Como ensinar seu cão a nadar

Pretinha em ação!

Muitos cachorros gostam e muito de água e sem medo algum entram em piscinas e no mar e nadam logo na primeira vez e com muita qualidade. Mas muitos donos possuem cachorros que pelo contrário tem muito medo de água e já complicam e muito na hora de tomar banho quanto mais em nadar.

A tentativa do dono de ensinar o seu cachorro a aprender a nadar é muito saudável mas é preciso ter muito cuidado para não assustar o animal e não lhe causar um trauma ou algum problema maior. Para que se evite esses tipos de complicações segue abaixo algumas sugestões como dica para ensinar o cão a nadar sem problemas maiores com todo o cuidado.

A primeira coisa a se fazer é acostumar o cachorro com a água colocando em uma bacia com água ou em uma piscina de criança ou mesmo molhá-lo com a água de mangueira em dia de muito calor. Tudo isso aos poucos para incentivar o animal a brincar com a água perdendo de vez o medo.



Fazê-lo sentar ou ao menos ficar em pé dentro d’água já é um bom começo e fará o cão sentir-se mais seguro no contato com a água.

O bom mesmo é procurar fazer o cão entrar por conta própria na água e nunca jogá-lo ou forçá-lo a entrar o que poderá assustá-lo ou traumatizá-lo. O dono pode entrar e chamá-lo ou atraí-lo com algum brinquedo ou outra coisa que chame a atenção e o faça entrar na água sem medo.

Uma ideia boa é segurar o cachorro na parte da barriga suspendendo-o e deixando apenas suas patas submersas e girá-lo de forma a induzir o cão a remar com as patas como se estivesse nadando.
Isso tudo é bom ser feito aos poucos e sempre repetir as mesmas coisas em vários dias para garantir a familiaridade e a perda do medo da água.

Um colete salva-vidas para seu cão pode ser uma boa recomendação para faze-lo boiar e ir perdendo o medo sendo este em demasia, pode ser uma boa dica para familiarizá-lo com a água.

Colocar na água brinquedos que chamam a atenção do cachorro flutuando sobre a água pode ser um passo seguinte para que ele tente entrar na água e nadar por instinto em busca de seu brinquedo. Uma vez que ele entre e busque o objeto é bom fazer com que ele repita o exercício.

Uma vez que isso não dê muito certo não se pode desistir. Pode-se fazer uso de um outro cachorro que nade sem problemas e ver se seu cachorro se sente incentivado a ponto de entrar na água devido ao outro animal estar nadando.

Uma vez que o cachorro perca o medo de entrar na água saberá nadar sem problemas e poderá acompanhar o dono nas diversões na piscina, no mar, na chuva ou mesmo nas brincadeiras com a água da mangueira quando se lava o carro ou mesmo o quintal nos dias de muito sol. Faça as dicas da forma que melhor for para seu cachorro e boa sorte!

Fonte: http://www.enciclopets.com.br/como-ensinar-seu-cao-a-nadar/

Eu adotei a Pretinha ainda filhote, a achei em Petrópolis; está comigo há 15 anos e adora nadar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário