Como controlar as pulgas

Durante muito tempo os laboratórios trabalharam em pesquisas de produtos eficazes no combate às pulgas. A pulga é uma praga muito resistente de procriação rápida e tem o seu pico na época do verão. Uma única pulga põe cerca de 2.000 ovos pela casa. Esses ovos ficam alojados principalmente em lugares quentes e com pó como frestas de assoalhos, tapetes, carpetes, etc. Dos ovos, nascem as larvas que são microscópicas e habitam estes locais até se transformarem em pupas e subirem nos animais como pulgas adultas.
Na falta do hospedeiro ideal (o cão e o gato), a pulga procurará outro hospedeiro, como por exemplo o homem.

Há vários tipos de programas de combate às pulgas:



1) Prevenção - Este é o programa para quem não tem problema de infestação e apenas deseja que o seu cão não contraia pulgas trazendo-as para o ambiente. Hoje existem bons produtos a disposição em pet shops de fácil aplicação, que tem o objetivo de matar as pulgas assim que entram em contato com a pele do animal. A utilização desses produtos costuma ser mensal ou trimestral. Como exemplo temos o "Revolution" (o mais atual), o "Advantage" e o "Frontline".

2) Tratamento do animal - Neste caso, o animal já está infestado. Utilizado principalmente para quem tem mais de um mascote. Nesse caso, seria interessante associar os produtos anteriores com um anticoncepcional de pulgas que impedirá que as sobreviventes consigam procriar, interrompendo assim o ciclo. Como exemplo temos o "Program".

3) Infestação do ambiente - Neste caso, além de uma grande infestação do animal, o ambiente tornou-se uma "maternidade de pulgas" e nesse caso, será necessário "tratar" o ambiente. Para assegurar uma rápida morte de 100% das pulgas do animal, pode-se associar um medicamento chamado "Capstar" aos tratamentos. Para optar por um método mais indicado deve-se avaliar cada caso. Ambientes menores como apartamentos, podem ser dedetizados com sprays encontrados em pets. Para esse fim temos o "Fligard" (Bayer®). Mas atenção: ele só pode ser utilizado no ambiente e nunca no animal. Em casas mais antigas ou grandes, ou ainda onde o piso é de taco ou carpete chamar uma empresa dedetizadora talvez seja a melhor opção.

Procure sempre um veterinário para que ele auxilie a fazer a melhor escolha. Essa é a solução mais segura
e econômica, pois o profissional indicará os produtos ideais para cada caso.

Lembre-se:
- Os produtos usados no ambiente são tóxicos e devem ser utilizados seguindo corretamente as instruções do fabricante. As pessoas e todos os animais devem ser retirados do local.
- Os produtos para animais são utilizados conforme o peso. Portanto, leve seu amigo para uma visita ao veterinário, pese-o e peça o melhor tratamento. Na maioria dos casos, um programa de controle de verminoses também pode ser instituído, pois há vermes, como o Dipilidium caninum, que são transmitidos pelas pulgas.


Koala Hospital Animal
Fonte: http://www.kennelclub.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário